Qual a Diferença Entre Anabolismo e Catabolismo

Como ganhar o peso e construir músculosQual a Diferença Entre Anabolismo e Catabolismo

A atividade física tem sido a preocupação das novas gerações e para que a prática de exercícios seja eficiente, é fundamental conhecer os termos mais utilizados pelos especialistas. Entre esses termos, a relação “anabolismo” e “catabolismo”. Para que pretende ganhar massa muscular é muito importante conhecer essa relação. Mas qual a sua influência para um treinamento mais eficiente?

A alimentação e suplementos como Super slim x e o controle das atividades físicas são fundamentais para quem está em treinamento alcançar os resultados esperados. O funcionamento do corpo humano depende das reações químicas que acontecem em seu interior.

Essas são as rações metabólicas, que acontecem em dois estágios opostos: anabolismo e catabolismo. Essas reações, a partir de outras, são responsáveis pelo crescimento, regeneração e, também, pela manutenção de tecidos e órgãos.

Anabolismo

O processo “anabólico” é o responsável pela construção do tecido muscular. Assim, ele reconstrói o tecido muscular danificado durante as atividades físicas enquanto o corpo está em estado de repouso. É nesse processo que o corpo ganha massa muscular. Ao contrário do que muita gente pensa, não é durante a prática de exercícios que o corpo ganha massa muscular, mas sim durante o período de repouso.

Para aproveitar bem o processo “anabólico”, é necessário se alimentar bem, porque quando se está com fome, o corpo passa a utilizar o tecido muscular como fonte de energia. Os cuidados se estendem também ao treinamento.

Ao atingir o limite do corpo, ele passa a utilizar o tecido muscular para repor as necessidades do organismo. Assim, treino em excesso, ao invés de contribuir para o ganho de massa muscular, acaba por prejudicar, porque parte desses “ganhos” acaba sendo utilizada pelo próprio organismo para suprir sua necessidade de energia.

Catabolismo

No catabolismo, o corpo causa danos ao tecido muscular. Assim, quanto mais o treino for prolongado, mais tecido muscular será perdido. Além disso, a má alimentação e a fadiga também podem contribuir para essa perda se não for usado um produto como o somatodrol. O excesso de atividade física, ao contrário do que muita gente pensa, quebra o equilíbrio das moléculas do organismo e acaba por provocar danos ao tecido muscular.

Dessa forma, concluiu-se que, se você malha sem energia suficiente, o organismo irá suprir sua necessidade energética se valendo do tecido muscular construído com tanto sacrifício, através das atividades físicas realizadas corretamente.

Por conta desses aspectos, é muito importante o acompanhamento de um profissional especializado que saiba determinar os limites do seu corpo para que os exercícios tragam benefícios e não prejuízos ao organismo.

Como os processos anabólicos e catabólicos acontecem alternadamente em nosso organismo, para que a atividade física seja benéfica para nosso corpo, o profissional irá realizar um balanço para verificar os limites do corpo. Assim, quando as reações anabólicas são maiores que as catabólicas, dizemos que o corpo apresenta um balanço metabólico positivo.

Já quando o processo anabólico é menor que o catabólico, o corpo apresenta um balanço metabólico negativo. No entanto, quando o processo anabólico é igual ao catabólico, o balanço é nulo. Esse balanço é importante para evitar a degeneração dos tecidos.

A atividade física é benéfica ao organismo, mas tem de ser praticada na medida certa.

Esta entrada foi publicada em 31 de agosto de 2017, in blog. Crie um bookmark para o link permanente.